Make your own free website on Tripod.com
Image of vila.gif

Image of ZZ58.gif

Mafra - Vila Quase Milenária

           A Vila de Mafra, localizada cerca de 35 km a Norte da cidade de Lisboa tem a sua origem mergulhada na bruma dos tempos.
           Praça forte das defesas de Lisboa durante o domínio árabe, foi conquistada por D. Afonso Henriques, primeiro rei de Portugal, em 1246-1147. D. Sancho concedeu-lhe foral em 5 de Março de 1189. É sem dúvida uma das vilas mais antigas de Portugal, quase milenária...
           Tendo a Sudoeste a magia da Serra de Sintra e a Noroeste o significativo cabo Carvoeiro, Mafra está implantada num local considerado sagrado desde a antiguidade, dedicado ao culto da fertilidade. (Contestando a origem árabe do toponímio MAFRA, parece criar corpo a tese sanscrita: MAH+ARA, que significa grande altar... Talvez por isso D. João V tenha mandado edificar o Real Edifício na vila de Mafra, no sítio do Alto da Vela, na sequência de um voto para que Deus lhe concedesse a graça de um filho varão, pois a rainha manifestava preocupantes sinais de infertilidade...)

Image of PT3.gif
.
               Gravitando inicialmente em torno do castelo e da Igreja de Santo André, a vila de    Mafra desenvolveu-se para Leste    a  partir do século XVIII, após a construção do famoso     Convento...
               Por decreto de 26 de Novembro de 1711,D. João V autorizou que se fundasse em  Mafra um convento dedicado a Santo António e pertencente à Província dos Capuchos Arrábidos, tendo começado as obras no dia 17 de Novembro de 1717 e sendo a Basílica sagrada em 22 de Outubro de 1730, data do aniversário do Rei-Sol.

               O Convento de Mafra, forma como os mafrenses tratam o Real Edifício, é sem dúvida uma das maiores obras monumentais do mundo inteiro. Em estilo barroco, ocupa uma área com cerca de 40 000 metros quadrados, apresentando uma fachada de 200 metros de comprimento.

               Para além de tamanha riqueza artística e cultural que constitui o Real Edifício, Mafra beneficia dos maravilhosos Jardim do Cerco e Jardim da Alameda e da Tapada de Mafra. Nesta, que ocupa uma área superior a 400 hectares, podemos admirar os lindos veados, gamos e javalis no seu «habitat» natural e desfrutamos as delícias de extensas e frondosas matas, sendo de destacar o Celebredo, a Água Férrea e a Casa do Mel da abelha.
Image of SS114.gif
.

também um interessante Museu da Caça.
               Com a concentração de grandes artistas nacionais e estrangeiros e de grandes mestres do conhecimento científico e universal, as gentes de Mafra, e não só, tiveram a oportunidade de acesso à cultura durante os séculos XVIII e XIX, sendo de realçar a Escola de Escultura de Mafra, criada pelo famoso escultor francês Cláudio Laprade, onde foi discípulo o grande artista português Machado de Castro.

Image of PT9.gif
.
               Mais ou menos a meio caminho entre o Atlântico e o Tejo, pertence à chamada "região saloia", trdicionalmente um dos mais importantes centros abastecedores de produtos hortículas a Lisboa. É famosa a sua grande feira anual, em 25 de Março.

GALERIA DE FOTOS

FOTO1      FOTO2      FOTO3      FOTO4      FOTO5      FOTO6

Image of voltar.gif

Voltar ao menu


http://www.gosplash.com/